Bullet Journal: o que é, ideias de páginas e o meu BUJO!

Conheci esse método de organização mais ou menos em setembro desse ano e fiquei encantada com os exemplos que via. Resolvi fazer um tamb...


Conheci esse método de organização mais ou menos em setembro desse ano e fiquei encantada com os exemplos que via. Resolvi fazer um também, né? Mas se você não sabe o que é um Bullet Journal (ou BuJo, para os íntimos), continua nesse post que eu te explico!

O que é?


O método foi criado por Ryder Carroll, um designer que mora em NY. Consiste de um conceito básico mas que pode ser totalmente adaptado para suas necessidades. Você precisa só de um caderno e uma caneta para começar.


No sistema original, as tarefas são representadas por um ponto (•). Quando você as completar, é só cruzar sobre o ponto com um X. Se você não completou aquela tarefa no dia estipulado, é só migrar para quando quiser e colocar um sinal de maior (>) sobre o ponto.

Os eventos são representados por um círculo (O) e as notas por um travessão (–). As notas podem conter pensamentos, ideias, explicações, fatos e observações.

Tem também outros símbolos que te ajudam na organização, são eles: ponto de exclamação (!) para inspiração; asterisco (*) para prioridade; e um olho para algo que precisa de pesquisa ou mais informações.

Tudo isso e mais detalhes você pode conferir no site oficial do Bullet Journal.


Como eu adoro coisas de papelaria, meu journal é um pouco mais enfeitado, com post-its e canetas coloridas. Esses são os materiais que eu tenho disponível pra usar, mas os que eu mais uso são: a caneta Uni-Pin 0,2; as canetas Stabilo 0,4 nas cores 51 e 13; a régua; e os post-its coloridos da direita.


O meu Bullet Journal


No meu BuJo eu fiz algumas alterações quanto a esse sistema de tarefas e eventos original que mencionei, olha só:


Minhas tarefas continuam sendo representadas por um ponto, mas ao completá-las utilizo um "check". O xis eu deixei para tarefas canceladas e as remarcadas em vez do sinal de maior, utilizo uma seta mesmo. Os eventos continuam como círculo, as notas com um travessão e o que é importante com um asterisco, mas o que precisa de mais pesquisa eu coloco uma interrogação (?).

Tem gente que usa uma caixinha para as tarefas ou triângulos para os eventos. É totalmente customizável mesmo.


Outra coisa bacana do Bullet Journal é o sistema de "index". Nem todo mundo usa, mas eu acho que é um facilitador. Como numeramos as páginas, colocamos lá no index o que cada página contém. Você não precisa colocar todas as suas páginas, só as mais importantes e as que você terá de consultar sempre.


Começando com as "coleções", como são chamadas pelos usuários do sistema, tenho a página Livros para ler. As coleções são quaisquer páginas que não sejam calendários e listas de tarefas semanais, mensais ou diárias.


Logo depois, tenho uma lista de aniversários. Borrei os nomes porque eu queria mostrar só o jeito de dividir a página mesmo.


Outra coleção presente no meu bujo é uma wishlist de itens relacionados ao bullet journal e que eu quero comprar pra testar. Algumas dessas coisas são mais caras e não estão disponíveis facilmente no Brasil - como o Leuchtturm 1917, um caderno que muitos journalists usam e eu sou apaixonada!


A próxima página tem a ver com estudos. Estou estudando francês por conta própria e online e acabei achando esse site com várias lições. Para não me perder sobre o que já tinha estudado, resolvi fazer essa página para ir marcando as lições já aprendidas. Esse sistema funciona com séries também e você pode dividir por temporadas.


Essa página é uma mão na roda pra quem vive esquecendo login e senha de sites, redes sociais e aplicativos. Não precisa escrever esse tipo de informação se não quiser, só colocar algo que lembre os dados que você cadastrou já ajuda. Por exemplo, você tem e-mail Hotmail e Gmail mas seu facebook foi cadastrado com o e-mail fulanociclano@gmail.com, então você coloca "gmail" embaixo do post-it e isso já te fará lembrar qual o e-mail da conta.


Eu sou adepta do planejamento mensal, já que não tenho muitos compromissos e o planejamento diário seria perda de espaço. Então, na parte esquerda ficam os dias do mês e na frente deles escrevo coisas que acontecerão naquele dia e que preciso lembrar. No final de cada dia também escrevo o que fiz de forma bem sucinta, se achar necessário. Por exemplo, se hoje eu estudei francês e pretendo sair com minhas amigas, eu escrevo: Francês // Sair com amigas.



Na parte da direita tenho um "tracker" com coisas que pretendo fazer várias vezes por mês, uma lista de tarefas mensal (to-do) e um calendário do mês seguinte.


Ideias de páginas



Listei algumas ideias de páginas para incluir no seu bullet journal. Me conta depois nos comentários suas ideias também.

Truque





Eu não costumo levar meu BuJo para todos os lugares comigo, mas pretendo quando ficar mais ocupada, então, acabei descobrindo esse truque bem legal para carregar a caneta junto com o bullet journal e ela não ficar perdida no meio da bolsa.

Me conta se você já conhecia esse sistema de organização! 

Com amor,
Isa

You Might Also Like

17 comentários ♥

  1. É o melhor método de organização que já usei. Antes eu era bem desorganizada e vivia perdendo as coisas que eu anotava em milhares de agendas. Depois que conheci esse método, tudo está em um só lugar e de fácil acesso :) Seu bullet no entanto é bem mais fofinho que o meu.

    Um abraço,
    https://julietincrisis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Eu anotava no celular, mas em várias notas separadas. Uma confusão hahah
      obrigada!

      Excluir
  2. Eu sou a louca dos journals e da organização, mas até hoje não consegui começar um Bullet Journal. Fico só com a minha agenda mesmo e sonhando com um planner, porque acho que me adaptaria melhor. Mas cada vez que eu vejo um Bullet Journal bonitinho e arrumadinho assim, igual ao seu, eu fico louca pra tentar esse sistema, haha!
    Saudades de passar por aqui, Isa :)
    Beijos

    Sincerely, Ronnie
    www.sincerelyronnie.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, eu arrisquei e tô gostando bastante! Dá uma chance!
      Saudades de ver você por aqui!
      Beijo <3

      Excluir
  3. Fiquei com uma dúvida/curiosidade: como você faz as tabelas e os retângulos tão bonitinhos no papel sem pauta? Só com a régua mesmo? Pq eu já rodei a cidade atrás de um caderno quadriculado e não achei :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço com régua mesmo, mas nem sempre sai tão certinho não! Hahaha

      Excluir
  4. Fiquei essa semana louca pra comprar um planner, mas ou é muito caro ou é muito trabalhoso. Esse tem muito mais a minha cara. Vou fazer!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz sim!! Começa com um caderno simples e se você se adaptar investe em um com folha mais grossinha :)

      Excluir
  5. Oi!
    Gostei demais desse seu post. Me ajudou bastante. De todos que já vi, você foi o melhor em dicas e layot.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  6. Qual a marca dessa agenda da foto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprei na Kalunga, não sei se tem marca! Só procurar por caderno sem pauta por lá

      Excluir
  7. Seu post trouxe explicações bem detalhadas sobre o tema e está muito bem escrito! Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pelo post e pela dica da caneta, nāo conhecia! :)

    ResponderExcluir
  9. Amei a dica de materiais! Todo mundo fala o que faz, mas como faz é outra história!

    ResponderExcluir